Na hora de procurar um imóvel para alugar e planejar seus gastos após a assinatura do contrato de locação, é preciso considerar outras despesas além do valor do aluguel. Uma delas, em casos de aluguel de apartamento, é a taxa de condomínio. Essa taxa é um valor mensal pago por moradores para custear a manutenção dos serviços comuns nos empreendimentos. Há diversos fatores que influenciam no valor da taxa de condomínio, como custos de conservação, manutenção, salários de funcionários e áreas comuns do empreendimento. Conhecer esses fatores é importante para saber se o valor que está sendo cobrado é justo e se está dentro do seu orçamento. Veja alguns fatores que influenciam na taxa de condomínio.

 

Sem tempo para ler? Ouça o post:

 

Portaria

 

Um imóvel com portaria 24 horas traz mais comodidade e segurança para o dia a dia dos moradores, mas esse diferencial representa um custo a mais, ou seja, os gastos com salário dos profissionais da portaria aumentam a taxa de condomínio.

 

Limpeza

 

A limpeza de um empreendimento é essencial para a segurança e o bem-estar dos moradores, e esse serviço também envolve colaboradores. O pagamento dos seus salários é mais um fator que pode encarecer a taxa de condomínio, dependendo do tamanho do empreendimento e das suas áreas comuns.

 

Tamanho do condomínio

 

Quanto maior for um condomínio, maior será a necessidade de realizar manutenções e conservações. Isso também reflete em taxas de condomínio mais elevadas, portanto, é um item a ser observado antes de alugar um apartamento.

 

Número de moradores

 

Mesmo que um condomínio seja amplo e isso encareça a taxa de condomínio, como falamos no item anterior, outro fator pode equilibrar esse valor e reduzir a taxa individual: o número de moradores. Assim, quanto mais moradores o empreendimento tiver, menor será a taxa para cada condômino.

 

Serviços essenciais

 

As contas de água e luz também são itens que pesam na taxa de condomínio. Empreendimentos que contam com elevadores e grandes áreas comuns iluminadas, por exemplo, têm custos maiores do que aqueles com menos benefícios.

 

Segurança

 

A segurança é um dos pontos mais desejados por quem procura um imóvel para alugar, mas ela também influencia no orçamento do condomínio. Além de equipamentos eletrônicos de segurança, alguns edifícios contam com profissionais para as áreas internas e externas, o que influencia diretamente no valor da taxa de condomínio.

 

Divisão da taxa de condomínio: fração ideal e fração por unidade

 

A taxa de condomínio pode ser cobrada de duas formas: pela fração ideal ou pela fração por unidade. A fração ideal é calculada com base no tamanho do imóvel, seja ele um apartamento, residência, loja ou cobertura. Isso significa que os proprietários de unidades maiores ou que tenham um valor mais alto para o empreendimento, devem arcar com taxas maiores. Já com a fração por unidade, o cálculo é feito igualmente entre todas as unidades, independentemente de tamanho ou valor. A forma de cobrança de cada condomínio é definida por meio de convenção coletiva. É essencial que o síndico faça uma análise e defina qual a melhor forma de arrecadar a taxa de condomínio, sempre com a aprovação dos moradores.

 

Agora que você já sabe quais são os fatores que influenciam no valor da taxa de condomínio, pode avaliar de forma mais assertiva os imóveis do seu interesse. Além disso, contar com a ajuda da Ibagy nesse processo de aluguel faz toda a diferença, para que você encontre o apartamento ideal e não tenha surpresas desagradáveis no seu novo condomínio. Entre em contato com a gente e conheça nossos imóveis disponíveis para alugar.