Morar sozinho é um grande passo na vida adulta e na independência de uma pessoa. Sair da casa dos pais e ter seu próprio cantinho ou trocar o apartamento dividido com amigos por um só seu são decisões muito importantes e precisam ser planejadas da forma correta, para evitar imprevistos no meio do caminho. 

 

Quando planejado da melhor maneira, morar sozinho pode se tornar uma experiência única na sua vida. Se você ainda está em dúvida se essa é a melhor escolha para você neste momento, separamos 3 motivos pelos quais você deve considerar a mudança para um espaço só seu.

 

Sem tempo para ler? Ouça o post:

 

1 – Morar sozinho proporciona autonomia e independência

 

Quando você mora com os pais, é natural que a rotina fique vinculada aos desejos e costumes deles, limitando a sua autonomia nas decisões do dia a dia. Ao morar sozinho, essa realidade muda e você passa a ser o responsável por cada detalhe que envolve a sua rotina e a sua casa, como os dias e horários para receber os amigos, quando e como será feita a limpeza e em quais horários vai sair e voltar para casa. Porém, não esqueça que a autonomia e a independência também envolvem responsabilidades, como pagar as suas próprias contas, planejar as suas finanças para evitar imprevistos, conciliar a sua rotina de trabalho ou estudo com as tarefas de casa e outros cuidados referentes ao imóvel, principalmente se ele for alugado. Se essa é a independência que você está buscando e se você está ciente dos pontos negativos e positivos que estão envolvidos nela, você já está com meio caminho andado.

 

2 – Ao morar sozinho, é mais fácil deixar cada espaço com a sua cara

 

Não dá para negar que morar com os pais é estar em um ambiente cômodo e confortável. Ao mesmo tempo, pode ser que o local não represente o seu estilo e o seu modo de viver. Isso também vale para casas ou apartamentos divididos com amigos, já que as decisões com móveis e decorações, por exemplo, devem ser tomadas em comum acordo. Se o que você deseja é um lugar que possa ser decorado e mobiliado do jeito que você gosta e onde cada detalhe tenha a ver com o seu estilo, morar sozinho é uma excelente opção. Além disso, sem dividir o imóvel com outras pessoas, você ganha mais espaço e, principalmente, privacidade. 

 

3 – Morar sozinho é ótimo para o seu amadurecimento

 

A independência e a autonomia que citamos no item 1 resultam neste outro item, tão importante durante a vida: o amadurecimento pessoal. É natural que isso aconteça quando você passa a lidar com todas as tarefas domésticas, com as contas para pagar, com novos desafios da rotina que não existiam quando você morava com os seus pais e outras questões que exigem responsabilidade. Isso não quer dizer que você não possa pedir ajuda para a sua família ou para algum amigo, mas, com o tempo, você aprenderá a fazer as coisas da melhor maneira possível dentro da sua rotina e da sua organização, e o melhor: vai descobrir o seu jeito, os seus processos e a forma como tudo funciona melhor para você. Assim, além de favorecer o seu amadurecimento, morar sozinho permite que você se conheça melhor e, também, aproveite a sua própria companhia.

 

Como você viu, morar sozinho é uma experiência que faz toda diferença para o seu crescimento pessoal e para a sua independência. Se você chegou à conclusão de que é isso mesmo que você quer e decidiu que chegou a hora de dar esse passo na sua vida, lembre-se: é importante fazer essa mudança com segurança e com a ajuda de quem entende do assunto. Alugar o seu primeiro imóvel com uma imobiliária vai evitar problemas futuros. Aqui na Ibagy, você conta com consultores de locação especializados que vão ajudar você a encontrar o imóvel ideal para essa nova fase da sua vida e, claro, que caiba no seu orçamento. Clique aqui e entre em contato com a gente.