Quer começar a investir, mas não sabe qual a melhor forma de fazer o seu dinheiro render mais? Opções de investimentos não faltam, mas alguns estudos e análises vêm apontando para o lado que parece ser mais seguro: o investimento em imóveis para alugar. Reunimos alguns dados para você entender o que vale mais: renda com aluguel ou aplicações.

 

Sem tempo para ler? Ouça o post:

 

Aplicações: como funcionam os investimentos de rendas fixas ou variáveis

 

O mercado financeiro oferece muitas opções de investimentos de renda fixa ou variável. As aplicações de renda variável são aquelas em que não é possível saber, previamente, qual será o retorno do investimento, como no caso da compra de ações de uma empresa, cujo rendimento pode variar de acordo com a lucratividade dessa empresa e com as flutuações do mercado financeiro. 

 

Já as aplicações de renda fixa são um “empréstimo” que o investidor faz a uma instituição financeira ou ao Governo e, em troca, recebe uma remuneração preestabelecida, dentro de um prazo definido. Veja alguns exemplos de investimentos de renda fixa e como funciona o retorno financeiro de cada uma delas.

 

– Poupança

Um dos métodos mais comuns de aplicação, a poupança não tem sido um bom investimento para quem busca rendimentos altos em menos tempo. Nos últimos anos, quem aplicou dinheiro na poupança acabou recebendo menos do que esperava. No geral, esse método é uma opção para quem deseja guardar dinheiro por um período curto, podendo retirá-lo quando precisar, sem qualquer custo, mas não deve mais ser encarado como um investimento, já que, cada vez mais, apresenta um retorno muito baixo para o investidor.

 

– Tesouro Direto

Nesse tipo de aplicação, o investidor adquire títulos públicos disponibilizados pelo Governo. A rentabilidade desse investimento varia de acordo com a Taxa Selic, que, normalmente, é positiva. A desvantagem é que os títulos públicos representam um desconto no Imposto de Renda (IR), que varia conforme o tempo de aplicação.

 

– CDB

A aplicação em um Certificado de Depósito Bancário (CDB), é um empréstimo do investidor a uma instituição financeira, que o remunera por isso. A desvantagem é a mesma do Tesouro Direto: a incidência de Imposto de Renda.

 

Investimento em imóveis para locação: por que vale mais a pena?

 

Desde novembro de 2019, diversas pesquisas vêm mostrando que o investimento em imóveis traz mais retorno do que investir o mesmo valor em aplicações de renda fixa. Veja o que diz Mauricio Franz, Gerente Comercial da Ibagy, sobre esse assunto.

 

 “Os imóveis sempre foram um porto seguro para os investidores, mesmo em momentos de crise. Por exemplo, um investidor que aplica dinheiro em uma poupança hoje está ganhando, em média, 2% a 3% de rendimento ao ano. Da mesma forma, uma aplicação em CDB, geralmente, representa um retorno de 3% a 4% ao ano. Isso, historicamente, é um retorno baixo, já que, há 3 ou 4 anos, os investidores tinham de 12% a 15% de rendimento ao ano com aplicações financeiras. Já os imóveis residenciais estão na faixa de 0,3% a 0,5% de rendimento por mês, o que representa, em média, 5% a 6% de rendimento ao ano. Por exemplo, se você investir em um imóvel de 500 mil reais e alugar por 1.500 a 2.000 reais por mês, esse é o retorno que você terá: 5% a 6% de retorno por ano. Além disso, um imóvel também pode valorizar de 5% a 10% ao ano, o que pode gerar mais rentabilidade a longo prazo.”

 

Como você viu, o investimento em imóveis é uma opção mais segura do que investir em aplicações, pois tem mais chances de valorização, lucratividade e rentabilidade. De qualquer forma, o segredo para ter um bom retorno financeiro em qualquer tipo de investimento é seguir cada etapa do processo com calma e analisar bem as suas opções. 

 

No caso do investimento em imóveis, o melhor é contar com a ajuda de quem entende do assunto, para garantir que ele vai proporcionar a você o retorno esperado. O parceiro da Ibagy, Cesar Vaz, é especialista em imóveis e vai ajudar você a fazer o melhor investimento. Depois, anuncie com a Ibagy: aqui, você proporciona mais visibilidade para o seu imóvel e garante um retorno financeiro mais rápido.