Em um outro artigo publicado anteriormente aqui no blog da Ibagy, nós explicamos sobre os golpes cibernéticos e ensinamos quais medidas podem proteger você e seus contatos de ataques e roubos de dados.  

Agora, nesta publicação, vamos contar um pouco mais sobre as estratégias da Ibagy e mostrar quais ações as empresas que precisam dos dados dos clientes para operar podem realizar para impedir roubos e golpes. 

 

O que é LGPD? 

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) foi sancionada em 14 de agosto de 2018 com base na lei europeia General Data Protection Regulation (GDPR), criada em meados de 2016. No Brasil, as empresas tiveram dois anos para se adequar às exigências, e as multas sobre o não cumprimento das regras começaram a ser aplicadas em agosto de 2021.  

O objetivo dessas leis é proteger os direitos à liberdade e privacidade das pessoas, seja através de meios físicos ou digitais. Para tanto, os titulares dos dados precisam entender a finalidade do tratamento das informações (coleta, armazenamento, comercialização, entre outros) e consentir com todos esses processos.  

A LGPD também determina que os titulares dos dados possam acessar suas informações nos bancos de dados das empresas e exigir que sejam excluídos, caso não se sintam à vontade com o tratamento proposto. 

 Além disso, como forma de proteger os dados pessoais de possíveis vazamentos e ciberataques, as empresas precisam implementar suas próprias estratégias de segurança.      

 

Como a Ibagy cumpre as exigências da LGPD?  

No site da Ibagy, é possível conferir nossa política de privacidade na íntegra. Mas, enquanto isso, vamos fazer um resumo das medidas que nós criamos para nos mantermos transparentes em relação ao tratamento de dados, ao mesmo tempo em que protegemos nossos clientes.  

Na Ibagy, sempre que você preenche um formulário com nome, e-mail, telefone, entre outras informações, nós coletamos esses dados e os usamos para melhorar e facilitar nossa comunicação com você. Em outras palavras, são esses dados que nos auxiliam a encontrar a melhor oferta de imóveis, assim como agendar vistorias, calcular o valor dos aluguéis, registrar um aviso de desocupação e até mesmo enviar e-mails de marketing. 

 O titular dos dados que esteja desconfortável com esse tratamento ou não queira receber e-mails da Ibagy tem todo o direito de solicitar exclusão e se descadastrar do nosso banco de dados.    

Nós também empregamos os melhores sistemas de segurança do mercado para garantir que seus dados estejam seguros e usamos apenas servidores nacionais para armazená-los. 

 

Outras medidas de proteção contra o cibercrime  

Conscientizar cada colaborador que trabalha dentro das empresas é o primeiro passo para se manter longe do crime cibernético. É claro que os sistemas de segurança modernos são imprescindíveis, mas, muitas vezes, o simples fato de um funcionário clicar num link corrompido durante o horário de trabalho pode colocar toda a empresa em risco. 

Manter desatualizados os sistemas operacionais e os antivírus são problemas bastante comuns que podem custar bem caro. Muitas versões antigas do Windows, por exemplo, não possuem mais serviços de atualização e suporte. Quanto mais defasados, menos seguros contra os ataques mais modernos. 

Outra ação que pode salvar sua empresa em caso de sequestro de dados é manter uma política de backups. No lugar de entregar milhares de reais para um criminoso e ainda correr o risco de ficar dias com as operações paralisadas, se seu backup estiver atualizado e criptografado, sua empresa e seus clientes estarão seguros.  

Neste artigo, você pôde aprender um pouco mais sobre a importância da LGPD, assim como entender quais medidas a Ibagy já colocou em ação para proteger a empresa e seus clientes. E não se esqueça, na luta contra os crimes cibernéticos, todo cuidado é pouco!