O momento de alugar um imóvel pode ser um marco, representando uma nova etapa na sua vida. Motivada por uma mudança de cidade ou pela conquista da independência pessoal, uma nova fase sempre é acompanhada de desafios. Por isso, é muito importante saber como se organizar financeiramente para alugar um imóvel, seja ele um escritório, casa ou apartamento.

Para conseguir se planejar de uma forma mais segura, é interessante conhecer bem a nova realidade financeira a ser vivida, a fim de melhor adequar seu orçamento. No post de hoje, trazemos informações úteis para você organizar suas contas e sua vida para alcançar o objetivo alugar um imóvel. Para isso, guiaremos você com algumas dicas que você deve seguir para alugar um imóvel.

Procure seguir todas elas de forma adequada, caso contrário, todo o planejamento pode ir por água abaixo.

Confira agora algumas dicas de como se organizar financeiramente para alugar um imóvel

Listaremos abaixo algumas dicas para que você se organize para alugar um imóvel. É muito importante que o máximo de dicas sejam seguidas para aumentar as suas chances de realizar um bom negócio e realizar o aluguel sem maiores sustos.

É importante ressaltar que, além de organização financeira, é importante que você esteja preparado mentalmente para isso, abdicando de gastos desnecessários e assumindo maiores responsabilidades.

Conheça os valores que vão entrar no orçamento

Antes de mais nada, para se organizar financeiramente, é fundamental conhecer de antemão as despesas que passarão a fazer parte do seu orçamento, até mesmo para saber se o valor do aluguel do imóvel desejado é realmente viável.

Além da parcela do aluguel, a taxa de condomínio deve ser incluída entre os gastos fixos, caso o imóvel fique em um prédio ou condomínio fechado. Você também não pode se esquecer de despesas básicas, como as contas de água, luz e internet.

É preciso se preparar também para pagar o IPTU, cujas parcelas são normalmente incluídas no aluguel e, sem o devido planejamento, podem comprometer as finanças nos meses do parcelamento. Em alguns casos, é possível ainda solicitar o pagamento à vista e conseguir um desconto.

Evite gastar mais do que você ganha

Uma vez que os valores referentes ao aluguel do imóvel são incluídos dentre as despesas fixas, procure ter cuidado para não extrapolar o total ganho mensalmente. Especialmente em momentos de crise, procure manter as contas sob controle.

Para isso, liste todas as suas despesas em uma planilha. Depois de alguns meses, você poderá visualizar onde está exagerando e, então, eliminar esses excessos para economizar. Quando você consegue se organizar financeiramente, ficará bem mais fácil evitar o uso do cheque especial ou do crédito rotativo do cartão. O pagamento de juros, somado às despesas fixas, compromete uma importante fatia do orçamento e, portanto, deve ser evitado.

Procure quitar suas dívidas pendentes

Em relação às dívidas já existentes, uma medida interessante é buscar alternativas para reduzir o comprometimento mensal. O crédito pessoal, por exemplo, oferece juros mais baixos e prazos maiores. Portanto, ele pode ser utilizado para cobrir o saldo devedor do cheque especial ou do cartão de crédito, provocando uma redução imediata nos gastos do mês.

Para você conseguir se organizar financeiramente e alugar um imóvel, é preciso ter cuidado e disciplina para que, após regularizar as contas, você não contraia novas dívidas. Esse é o temido efeito “bola de neve”, que trará um acúmulo de juros e obrigações que podem comprometer seriamente seu planejamento.

Caso seja inevitável, procure avaliar o impacto das novas parcelas em seu orçamento.

Procure se organizar financeiramente o quanto antes

Ainda vai levar algum tempo até que você realmente alugue um imóvel? Mesmo assim, comece a se organizar financeiramente desde já! Analise seu orçamento, corte as despesas desnecessárias e faça uma reserva financeira para, assim, ter mais tranquilidade no momento da mudança.

Procure levantar os valores dos móveis que pretende comprar, levando em consideração o valor das parcelas para seu planejamento. Na hora de comprá-los, procure sempre economizar e pagar à vista. Além de normalmente haver um desconto dessa forma, você terá uma parcela a menos pesando no orçamento quando for alugar seu imóvel.

Tenha disciplina

É muito importante que, para começar a se organizar para a compra de um imóvel, você treine e se mantenha disciplinado em várias questões, como não gastar mais do que você ganha. Além disso, é necessário que você mantenha controle sobre o orçamento e mantenha uma rotina do pagamento de despesas, tratando o pagamento do aluguel como prioridade.

Evite efetuar compras por impulso

O brasileiro tem o hábito negativo de parcelar sempre suas compras e adquirir produtos por impulso, o que é muito ruim para o planejamento financeiro, seja ele de curto, médio ou longo prazo.

Para tornar viável e se organizar financeiramente com a finalidade de alugar um imóvel, é muito importante que você tenha total controle sobre os impulsos consumistas e compre somente o essencial para você e sua família, não comprometendo as despesas essenciais, como o aluguel.

Pesquise a melhor forma de pagamento

Há várias formas de pagamento que você pode optar. Escolha aquela que seja mais fácil para você e para a imobiliária ou proprietário que você fez o contrato. Esta etapa é muito importante pois, fazendo a escolha mais adequada para você, evita-se perder tempo efetuando pagamentos que não estão alinhados com a sua realidade, impedindo que você perca horas do seu dia para resolver questões simples. Além disso, conheça as garantias fornecidas pela imobiliária ou proprietário.

Estabeleça metas de poupança

Além de garantir o dinheiro do aluguel, é fundamental que você estabeleça metas de poupança, criando assim, um fundo particular para garantir o pagamento das despesas mais importantes caso aconteça algum tipo de imprevisto, como um conserto de carro.

Repense as despesas

É fundamental que você e todas as pessoas que morem com você, como familiares e amigos, repensem nas despesas e gastos. Para manter um compromisso de pagamento de aluguel e outras despesas essenciais, é necessário abrir mão de despesas supérfluas e detalhar todos os gastos para identificar estas despesas.

Dialogue com todos os envolvidos no processo

O diálogo é muito importante para que você obtenha o sucesso nesta empreitada, caso não seja o único envolvido de forma direta nesta tarefa. Caso você tenha família ou pensa em dividir o aluguel com amigos e familiares, é muito importante que vocês entrem em um acordo e estejam dispostos a dividir as responsabilidades de forma conjunta, caso contrário, o risco ter problemas é grande.

Recorra à ajuda de um profissional

É muito importante que você conte com a consultoria de profissionais especializados e com experiência na área de aluguel de imóveis. Com isso, você garante maior comodidade e corre menos riscos de entrar em uma furada. Entre estes profissionais, destacam-se os corretores de imóveis, empresas do ramo imobiliário, engenheiros e arquitetos. Além disso, sempre que possível, realize vistorias no local!

Sendo assim, é perfeitamente possível pagar um aluguel e manter uma boa qualidade de vida, desde que você tenha o cuidado de como se organizar financeiramente e estabelecer critérios para identificar as prioridades de gastos. Siga as dicas listadas no post e comece a se planejar para alugar um imóvel.

Agora que você já sabe como se planejar para alugar um imóvel, escreva um comentário no post nos contando as suas experiências ou deixando suas dúvidas e sugestões sobre o conteúdo. Sua participação é sempre muito bem-vinda!