Trocar de imóvel exige tempo e dedicação da sua parte. Esse cuidado não é à toa, já que se trata de escolher o seu novo lar. Para isso, é necessário definir se vai comprar ou alugar e refletir sobre a metragem ideal da residência, tipo de decoração, formas de pagamento, entre outras questões.

Contudo, não se pode deixar de avaliar a localização, já que ela tem impacto direto na sua locomoção diária, segurança e qualidade de vida. Por essa razão, nós reunimos algumas dicas fundamentais para ajudá-lo nessa tarefa. Acompanhe e prepare-se!

Confira os comércios e serviços ao redor

Antes de pensar em mudança, é importante que você pesquise e conheça os comércios e serviços presentes no entorno da residência, como supermercados, farmácias, bancos, postos de combustível, lojas e agência dos Correios. O motivo é bem simples: quanto maior a quantidade e variedade de estabelecimentos, mais vantajoso será para o seu cotidiano.

Afinal, você vai desfrutar de praticidade e comodidade para fazer compras, pagamentos, reabastecer o carro, entre outras atividades. Com isso, é esperado que a qualidade de vida aumente. Porém, não acaba aí!

Quando o local traz espaços que funcionam em diferentes turnos, como restaurantes, cinemas, centros culturais e sorveterias, você também tem a possibilidade de ampliar o próprio lazer com programas noturnos. Assim, poderá sair em diferentes momentos quando desejar se divertir, seja sozinho ou na companhia de amigos e familiares.

Considere o tempo de deslocamento

Outra dica importante ao trocar de imóvel é considerar o tempo de deslocamento entre a futura nova residência e os locais onde você executa os afazeres diários. Isso porque, quando se desloca para diferentes compromissos morando em um ponto muito distante deles, você perde horas preciosas no trânsito — tempo que poderia ser aproveitado para descobrir novos hobbies ou para estender os momentos de lazer.

Portanto, faça testes e avalie a duração dos percursos de ida e volta até o trabalho, academia, faculdade na qual você faz sua especialização, casa dos amigos, praia, parques e outros espaços. De quebra, esse pequeno exercício mostrará como é feito o acesso do bairro às demais regiões da cidade.

Observe a segurança da área antes de trocar de imóvel

Por fim, mas não menos importante, não deixe de observar a segurança no entorno do imóvel. Esse cuidado vai garantir tanto o seu bem-estar físico quanto emocional. Mas como fazer isso? Bem, você pode começar averiguando a infraestrutura do bairro.

Avalie o estado da iluminação pública e da sinalização do local, a quantidade de pontos de transporte público que estão ativos, a preservação de áreas ao ar livre — praças, jardins, parques — e verifique se existem terrenos desocupados nas proximidades do imóvel.

Tenha em mente que todos esses fatores influenciam o movimento do local e fluxo de pedestres, especialmente à noite. Fora isso, você pode buscar dados na internet que mostrem a incidência de problemas nessa zona específica.

Seguindo nossas dicas, é possível trocar de imóvel de maneira mais consciente e preparada, além de priorizar o conforto, comodidade e qualidade de vida. Agora, se quiser saber mais sobre o imóvel perfeito para você, entre em contato conosco!