Todo investimento tem um grau de risco. Contudo, quando se trata de imóveis, o proprietário pode ser culpado por reduzir o valor do próprio investimento. Por isso, é importante entender mais sobre desvalorização do imóvel.

Você já parou para pensar o que pode diminuir o valor de uma casa ou apartamento? Quais características podem afastar possíveis locadores? Se está curioso para saber as respostas dessas perguntas é só ler este artigo até o final!

1. Falta de manutenção influi na desvalorização do imóvel

O mais óbvio de todos os aspectos é a falta de manutenção, pois ela é determinante para a desvalorização do imóvel. Ninguém vai querer morar em um lugar com uma aparência ruim.

Em alguns casos, a falta de manutenção vai além da estética, porque compromete a estrutura da casa e coloca em risco a segurança dos moradores. Nesse caso, o proprietário pode ficar impedido de alugá-la.

Outro ponto importante é o custo com reforma. A falta de cuidados pode exigir que o dono da casa ou apartamento precise investir em grandes obras de conserto. Esse gasto pode ser evitado com pequenas manutenções constantes.

2. Acessibilidade é uma demanda importante

Quando pensamos em acessibilidade é comum relacionarmos às necessidades das pessoas portadoras de algum tipo de problema de locomoção. Porém, a acessibilidade vai além disso.

Pessoas idosas, por exemplo, também precisam de casas adequadas às suas características físicas. Esse é um ponto importante, afinal a população está envelhecendo e, sendo o imóvel um investimento, é preciso pensar quais serão as exigências dos futuros locatários ou compradores.

3. Documentação atrasada pode trazer prejuízos

Ter todos os comprovantes de pagamento e certidões que comprovem a propriedade de um imóvel é algo muito importante, pois traz celeridade ao processo de compra, venda ou locação.

Uma pessoa que decide alugar uma casa, mas não possui os documentos necessários, pode ver esse processo se arrastar por meses, postergando os ganhos com o imóvel.

Por isso, não se atentar com a documentação e pagamento de impostos é algo que contribui com a desvalorização do imóvel.

4. A localização ainda é relevante

localização de um imóvel ainda tem peso no valor do aluguel, compra e venda. Porém, essa característica pode mudar com o tempo. Uma casa em um bairro popular pode ser alugada por um valor baixo, contudo, com o passar dos anos — e o desenvolvimento do local — esse imóvel se valorizará.

Investir em imóveis é pensar a longo prazo. Ademais, obras de infraestrutura também contribuem para a valorização, pois têm impacto direto na vida do morador. Escolas, postos de saúde e estações de metrô, por exemplo, costumam aumentar os valores de aluguel.

5. A arquitetura pode ser um diferencial

Se você começou a construir agora seria interessante atentar-se à arquitetura do seu imóvel. Esse item pode ser decisivo, afinal o morador pode querer alugar uma casa apenas por achá-la bonita.

De nada adianta o proprietário pensar em todas os pontos dessa lista se ele não se preocupar com as características estéticas do imóvel.

Agora que você entendeu mais sobre os fatores que contribuem para a desvalorização do imóvel, com certeza ficará mais atento, não é mesmo? Então, que tal nos contar nos comentários o que você costuma avaliar em uma casa ou apartamento na hora de alugar? Estamos curiosos!