Empreender significa investir tempo, esforço e dinheiro em um projeto. No entanto, esses investimentos devem ser feitos de forma inteligente para evitar prejuízos. Por isso, muitos empresários ficam receosos sobre um dos gastos mais caros na hora de criar uma empresa: a compra de um imóvel comercial.

Será que todas as empresas precisam ser donas dos imóveis em que estão localizadas? Nesse caso, investir em imóveis vale a pena? Se você também está com dúvidas, não se preocupe: este artigo vai ajudá-lo!

A compra de um imóvel comercial nem sempre é vantajosa

Um dos segredos para uma empresa ter sucesso financeiro é usar com sabedoria seus recursos. Pensando nisso, não é inteligente investir uma grande quantia de capital na compra de um imóvel comercial, pois esse dinheiro poderia ser usado para sanar outras demandas.

Além do mais, caso a empresa enfrente problemas financeiros, torna-se complicado para o empresário transformar o imóvel em capital devido à liquidez do investimento. Por essa razão, o ideal é alugar um ponto comercial.

Vamos a um exemplo: João levantou a quantia de R$ 1 milhão para abrir seu próprio negócio. Encontrou um imóvel a venda por R$ 500 mil. O aluguel do local custaria R$ 2 mil. É inteligente, nesse caso, comprá-lo? Fica fácil perceber que não.

Esse dinheiro poderia ser usado para outras coisas, por exemplo:

O dinheiro do aluguel compra equipamentos

Independentemente do segmento em que atuará, o empresário precisará investir na aquisição de equipamentos. Esses itens representam um grande gasto inicial. Por isso, em vez de investir na compra de um imóvel comercial, opte pelo maquinário necessário para trabalhar, afinal de contas, do que adianta a empresa ser dona do ponto se não sobrou dinheiro para tocar o negócio?

O dinheiro do aluguel pode virar capital de giro

Do momento em que o empreendedor entra em contato com fornecedores até o instante em que seus clientes começam a comprar seus produtos, existe um espaço no qual o caixa da empresa pode não sustentar o negócio.

Para esses momentos é importante dispor de uma quantia capaz de pagar os gastos do empreendimento, dando-lhe fôlego para continuar operando e gerando receitas. Um empresário inexperiente pode achar que “livrar-se do aluguel” é um bom negócio, mas nesse caso o mais importante é ter capital para fazer a empresa trabalhar.

O dinheiro do aluguel cobre as campanhas de marketing

Já diz o ditado popular: “a propaganda é a alma do negócio”. Muitos empreendedores se esquecem desse detalhe. Uma boa campanha publicitária, ainda que tenha foco em veículos locais, pode alavancar as vendas.

Contudo, nenhuma empresa conseguirá realizar um bom trabalho de divulgação sem orçamento para essa tarefa.

Como vimos neste artigo, o empresário deve se atentar para os investimentos que fará em nome da empresa. Questione-se: é vantajoso para a minha empresa a compra de um imóvel comercial? Provavelmente a resposta será não.

Ao contrário de uma pessoa física que olha com desconfiança para o aluguel, um empreendedor tem nessa estratégia a chance de implementar seu negócio de forma simples, rápida e com custos reduzidos — muito mais eficaz do que a compra de um imóvel comercial.

Ficou curioso sobre o tema ou tem alguma dúvida? Entre com contato conosco! Nossa equipe ficará feliz em ajudá-lo a entender mais sobre o assunto!